UMA MULHER PINTA A MÃO DE FORMA DISCRETA. SEM SABER PORQUÊ A POLÍCIA APARECE


 

A campanha do ‘ponto negro’ (The Black Dot Campaign, em inglês) encoraja as pessoas que tenham sofrido de violência doméstica a desenharem um ponto negro na palma da mão.

A responsável pela ideia, sobrevivente de situações de abuso doméstico, espera que ao partilhar esta iniciativa com o máximo de pessoas possível, o ponto negro sinalize a pessoa que o ostenta na mão como uma vítima de violência doméstica e que não pode pedir ajuda.

Na descrição da campanha na respetiva página de Facebook pode ler-se: “a campanha do ponto negro permite às vítimas que não podem pedir ajuda verbalmente pedir ajuda através de um simples ponto negro”, que as pessoas irão reconhecer levando-as a ajudar.


Ainda que não seja uma solução ideal e que seja arrojado, esta campanha pretende fazer desta marca (ponto negro na palma da mão) um símbolo para um pedido de ajuda.

A criadora da campanha contou ao Huffington Post que “as pessoas estão a falar sobre a violência doméstica, a partilhar as suas publicações e a abrir os olhos do mundo para este assunto”.

Uma nova campanha está a tentar ajudar as vítimas de violência doméstica a pedir ajuda sem terem de falar.


Avalie este Artigo?

Mais pra voce!