Essas lesões graves na coluna são causadas por algo que você usa "todo santo dia"


Inclinar o corpo para frente para mexer no celular ou tablet pode trazer consequências sérias para a coluna, especialmente em crianças e adolescentes. O problema já tem até um nome: "text neck", em português "pescoço de mensagem".

Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, o ortopedista australiano James Carter disse que algumas horas de uso dos aparelhos são suficientes para causar lesões gravíssimas e que a coluna pode mudar em até 4 centímetros com a inclinação repetida da cabeça e que isso pode afetar a respiração, frequência cardíaca e pressão arterial. Através de imagens de raio-x, o médico mostrou esses efeitos na espinha dorsal e disse que os casos vêm aumentando de forma alarmante, sendo 50% deles em adolescentes em idade escolar.


Entenda o problema

Ele explicou que a cabeça humana pesa entre 4,5 kg e 5,5 kg, mas, ao inclinar o pescoço para frente, esse peso fica mais difícil de ser suportado, o que acaba levando ao encurvamento da espinha dorsal, podendo gerar também dores musculares. Além disso, observou em seus pacientes que o uso exagerado de aparelhos eletrônicos também vem causando ansiedade e até mesmo depressão.

Para evitar que isso aconteça, o médico indica evitar os telefones, tablets e laptops quando estiver deitado ou sentado na cama. Uma vida saudável, com prática de atividades físicas, também ajuda na prevenção.


Avalie este Artigo?

Mais pra voce!