A Vacina da gripe afinal é um veneno? Esse rumor vem circulando um pouco por toda a internet. Ele diz que quem toma a vacina H1N1, corre o risco de sofrer da síndrome GBS.


.

A síndrome de Guillian-Barre matou e incapacitou centenas de norte-americanos na campanha de vacinação de 1979. Dez dias depois, após aplicarem a vacina em 48 milhões de pessoas, a vacina foi retirada do mercado. 500 casos foram confirmados nesse ano, tendo afetado mais gente do que o próprio H1N1. Desses 500 casos, 25 resultaram em morte. Até o próprio presidente dos Estados Unidos da época, Gerard Ford, fez campanha pela vacinação, tendo ele mesmo se submetido a ela.

Essa é uma síndrome que incide principalmente no sistema nervoso, podendo provocar paralisia, dificuldades respiratórias e a morte. Muitos começaram a sentir alterações sensoriais e dores musculares, seguidas de um enfraquecimento muscular, começando pelos pés e pelas mãos. Os sintomas se desenvolviam no espaço de um dia a duas semanas. O estado mais avançado da doença provocou nesses pacientes grandes anormalidades, sobretudo no seu batimento cardíaco e na sua pressão sanguínea. No entanto, esses não são os únicos riscos que você corre ao tomar essa vacina. Em vacinas utilizadas nos anos 80 e 90 foram encontrados substâncias de origem bovina, provenientes de países onde a BSE (encefalite bovina espongiforme, ou comumente, doença da vaca louca) incidiu em força. Essa foi uma das principais preocupações da FDA, nos Estados Unidos: eliminar essas substâncias das vacinas.


Por outro lado, a grande mídia continua apoiando as grandes farmacêuticas, ao ocultar os riscos que a vacina da gripe pode proporcionar a quem a toma. Aliás, a grande mídia continua fazendo a propaganda para fomentar a vacinação contra a gripe, um pouco por todo o mundo, prometendo uma quase certa proteção contra essa doença, com um risco zero para o consumidor.

A bula das vacinas é esclarecedora. Na bula pode-se ler que elas nunca foram submetidas a testes controlados, nem a ensaios clínicos científicos. Também diz que nunca foram testados os resultados do medicamento em mulheres grávidas, lactantes e crianças. As farmácias, um pouco por todo o lado, promovem esta vacinação contra a gripe que, segundo os seus produtores, pode conter substâncias neurotóxicas.

Se você tem tomado dessas vacinas, você está sendo enganado e envenenado. É um fato científico que essas vacinas contêm elevados níveis de metais pesados, como o mercúrio. Atualmente, não existem formas seguras de ingerir mercúrio e uma vez ingerido, essa substância vai intoxicar o seu organismo.


Avalie este Artigo?


Mais pra voce!